quarta-feira, 18 setembro

A cor do verão

Texto por: Equipe VS 20 março, 2019 Sem comentários

Quando chega o verão, muitas pessoas querem adquirir rapidamente aquela cor dourada e moreninha que se vê em anúncios de revista, mas esquecem de ter alguns cuidados ou lhes faltam algumas informações e surgem dúvidas. Será que é possível bronzear usando protetor solar? E tem algum problema aplicar bronzeador sobre a camada de protetor? Os alimentos podem realmente ajudar a acelerar esse processo? Qual o tempo ideal de exposição diária?

A primeira coisa a ser considerada é a característica genética da sua pele. Respeite seu corpo e seus limites. Não adianta querer se comparar aos tons de pele mais escuros se você é “branquinha por natureza”. O bonito mesmo é ter uma cor saudável, cada uma de acordo com seu tipo de pele.

Tendo isso em mente, comece o processo com paciência. O protetor solar é indispensável, e no rosto utilize um protetor específico para essa região, com fator de proteção maior e que tenha uma composição menos oleosa para não causar acne. É claro que usando protetor o tom da sua pele mudará mais lentamente, mas com certeza a cor também será mais duradoura; além de proteger contra os raios nocivos, não irá descamar e sentir dores. Porém, mesmo assim, muita gente não querendo esperar por um resultado gradativo, tenta apressar o processo de pigmentação passando bronzeador por cima do protetor, achando que assim continuam protegidas. Mas, ao fazer isso, podem ser alteradas as duas fórmulas, diminuindo a eficácia dos produtos. Assim como o demaquilante bifásico remove a maquiagem, o óleo do bronzeador pode “quebrar” a camada protetora.

Você quer acelerar a produção de melanina (a pigmentação natural da pele) com segurança? Consuma alimentos ricos em betacaroteno e também aqueles que ajudam a absorver o betacaroteno, ricos em Ômega 3. Então no seu prato não podem faltar: cenoura, mamão, abóbora, beterraba, folhas verdes-escuras e brócolis. A linhaça é um dos alimentos mais ricos em Ômega 3, muito mais do que qualquer peixe. Adicione-a triturada em qualquer prato. Esses alimentos não só ajudam a manter o bronzeado, como são excelentes para todo o organismo e possuem baixo valor calórico.

O licopeno e a vitamina C também são muito importantes para proteger a pele contra a radiação solar. Então não dispense aquela suculenta melancia e uma deliciosa salada de tomates com limão.

O ideal é que esses alimentos sejam consumidos pelo menos uma semana antes de você se expor ao sol, e que se sejam consumidas três porções diárias.

Importante!

A exposição ao sol deve ser feita antes das 10h da manhã e depois das 16h. Não esqueça de se manter hidratada. Assim sua pele ficará bonita e saudável.

Débora Borges é Pedagoga e pós-graduada em Aconselhamento Familiar

Fonte: Luciana Lins Brotto Guimarães; CRM 5261912-6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *