sexta-feira, 22 novembro

A onda dos cigarros eletrônicos

Texto por: Equipe VS 24 setembro, 2019 Sem comentários

O cigarro já teve sua popularidade agredida e acariciada em diversas fases da sua trajetória. Porém, ela tem sido substituída pela onda de cigarros eletrônicos, vapors em inglês, que promete ajudar fumantes a largar o vício e diminuir o uso de nicotina aos poucos. Além disso, alguns afirmam que seu uso é quase inofensivo. Será?

Os cigarros eletrônicos funcionam como o cigarro comum, permitindo a inalação de líquidos com nicotina e aromatizantes, mas numa quantidade de toxinas menor do que no tabaco. Eles se popularizaram no mundo, somando 41 milhões de usuários em 2018 – um número que apela para sua regularização.

Um estudo feito no Baylor College of Medicine em Houston, Texas, mostrou que o uso de cigarros eletrônicos, mesmo sem nicotina, é maléfico para o funcionamento do pulmão.  O vapor do cigarro eletrônico interrompe a frequência do ritmo pulmonar e reduz a capacidade de resposta à infecção das células imunológicas, aumentando a suscetibilidade a doenças.

Texto: Julie Grüdtner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *