sábado, 19 outubro

Aumento de peso e alimentos ultraprocessados

Texto por: Equipe VS 10 julho, 2019 Sem comentários

É comum nos depararmos com a escolha do que comer em cada refeição. Opções variam entre o mais natural e o processado, mas nem sempre nos convencemos de que nos alimentar naturalmente de fato faz alguma diferença. É por isso que os pesquisadores, mais do que nunca, têm buscado entender as relações entre alimentação e saúde. 

Um estudo publicado no portal da revista científica Cell Metabolism em maio de 2019 explica a relação entre os alimentos ultraprocessados e o ganho de peso. Para realizar a pesquisa, foram internados 20 pacientes, que receberam alimentos ultraprocessadas por 14 dias, e depois não processados por mais 14. Os pacientes poderiam comer à vontade em todas as refeições e os alimentos ultraprocessados incluíam refrigerantes, salgadinhos, nuggets de frango, refeições congeladas e com alto índice de aditivos. 

O resultado foi surpreendente. A expectativa era de que o peso dos participantes se mantivesse estável, porém, quando os voluntários estavam na dieta ultraprocessada comeram uma média de 508 calorias a mais por dia do que quando estavam na dieta não processada. Como resultado, eles engordaram uma média de 0,9 kg durante esse tempo, majoritariamente na forma de gordura corporal. 

Mais do que se convencer de que uma alimentação adequada é o que seu corpo precisa para se manter saudável, pensar duas vezes antes de comprar alimentos ultraprocessados é primordial para uma dieta balanceada. A diferença entre as opções pode parecer pouco significativa, mas ela existe e é maior do que parece.

Texto: Julie Grüdtner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *