sexta-feira, 24 maio

Fungicidas e doenças neurodegenerativas

Texto por: admin 3 maio, 2016 Sem comentários

Será que produtos químicos, como pesticidas e fungicidas, comumente encontrados em agrotóxicos, representam riscos reais para o cérebro humano? Essa é a pergunta que pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, vêm fazendo.

A dúvida surgiu após um estudo identificar que uma classe de fungicidas muito utilizada produz alterações na expressão genética semelhantes às verificadas em pessoas com autismo e doenças neurodegenerativas, incluindo o Mal de Alzheimer e a doença de Huntington.

Ainda não se sabe o bastante para tecer afirmações categóricas, mas de acordo com Mark Zylka, um dos pesquisadores responsáveis, o que se descobriu é que os produtos químicos em cada grupo alteram a expressão gênica de um mesmo modo. “Um desses grupos de produtos químicos altera os níveis de muitos dos mesmos genes que são alterados nos cérebros de pessoas com autismo ou doença de Alzheimer. Contudo, ainda é preciso realizar outros estudos adicionais para poder relacionar com certeza os fungicidas às doenças degenerativas,” completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *