quinta-feira, 18 julho
Descrição

Ingredientes para massa

– 250 gramas de farinha de trigo integral

– 250 gramas de semolina

– 250 ml de água

Ingredientes para o recheio

– (Vamos usar o purê de abóbora para rechear.)

Vamos começar com um macarrão caseiro, integral e natural. Você vai aprender a fazer a massa básica e, em seguida, recheá-lo no formato de ravióli. Logo em seguida, você vai aprender uma receita de quinoa com damasco e nozes. Além de muito bonito e nutritivo, é riquíssimo em proteínas e perfeito para servir em qualquer refeição. Para terminar, uma Caponata de champignon com abobrinha e alcaparras. Tudo cru e delicioso. Vamos cozinhar?

Massa

1 – Junte as farinhas e, aos poucos, adicione a água, mexendo para ir incorporando até que a massa forme uma bola e esteja macia.

2 – Essa massa deverá ser passada no cilindro, mas se você não tem um cilindro, abriremos a massa com um rolo, como as antigas “mamas italianas” faziam.

3 – Abra a massa para o corte que você desejar e pronto.

4 – Cozinhe. Coloque mais ou menos um litro de água para cada 300 gramas de massa.

5 – Junte um fio de óleo e sal a seu gosto. Coloque sua massa e fique atento.

6 – Essa massa artesanal cozinha muito mais rapidamente do que a massa de pacote. Aproveite com o molho de sua preferência.

Recheio

1 – Coloque uma panela tampada, funda e larga com água e um fio de óleo para ferver.

2 – Ao lado, coloque um escorredor de massa com proteção por baixo para receber os raviólis cozidos.

3 – Abra a massa bem fina e escolha o formato que deseja trabalhar. Se escolher fazer raviólis redondos, corte com um molde. Se escolher fazer quadrados, corte com uma faca.

4 – Recheie generosamente sua massa e feche com bastante cuidado para que ela não se abra durante o cozimento.

5 – Cozinhe os raviólis aos poucos. Coloque cada “pastelzinho” na panela e espere que eles subam do fundo.

6 –  Assim que subir, deixe mais dois minutos e retire. Escorra.

7 – Monte nos pratos e sirva com o molho da sua preferência.

Dica do chefe

– Se quiser manter a massa seca, por exemplo: um talharim, é só colocar para secar, mas você já pode colocar esta massa para cozinhar em seguida.
– Sejam secas ou recheadas, essas massas combinam com qualquer molho que sua família goste. Experimente variar bastante para sempre ter receitas diferentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *