Cigarro eletrônico

A Public Health England (PHE) – agência do Serviço de Saúde da Inglaterra – acaba de realizar um estudo a fim de comparar os efeitos do cigarro eletrônico.

Quando surgiu, o cigarro eletrônico parecia ser uma ajuda no caminho do abandono do tabagismo. No entanto, sua eficácia ainda é controversa em diversas partes do mundo.

A experiência ocorreu para testar prós e contras do produto, se ele é realmente um redutor de danos à saúde do fumante.

Pesquisadores utilizaram dois recipientes com algodão: o primeiro foi exposto durante um mês ao fumo do tabaco e, o segundo, ao vapor dos eletrônicos. Após o período, o primeiro (com fumo de tabaco) estava escuro, carregado de alcatrão e pegajoso. Já o segundo (com vapor eletrônico) mantinha apenas o vapor.

A princípio a conclusão tem sido positiva quanto ao cigarro eletrônico no que se refere a quem vem tentando abandonar o vício. Contudo, novos estudos devem ser feitos a fim de que outras questões também se mostrem positivas.

Deixe uma resposta