Poluição e intestino

Engana-se quem acredita que a poluição faz mal apenas para o aparelho respiratório. Cada vez mais a ciência vem mostrando os malefícios do ar impuro não só para o pulmão, mas para todo o corpo.

Agora, pesquisadores vêm investigando uma possível relação negativa entre a poluição e a saúde do intestino. Acredita-se que a poluição do ar possa alterar o microbioma intestinal, provocando inflamações que favorecem o aparecimento de Doença de Crohn e colite ulcerativa, por exemplo – ambas ainda sem cura.

A explicação tem que ver com o funcionamento inadequado do sistema imunológico. Nessa hora, o corpo combate a si mesmo, desencadeando a partir daí um processo que causa úlceras e inflamações no intestino.

Junto à poluição dos grandes centros urbanos há também outros fatores que enfraquecem a saúde, como a dieta, o estresse, o lixo. Tudo isso trabalha contra a vida saudável. “A barreira intestinal protege contra mutações genéticas, mas a exposição ambiental pode danificar essa barreira. Se um gene danifica o sistema imunológico, isso pode provocar doenças”, explica a gerente de publicações e informações da organização Chron’s and Colitis, do Reino Unido Jaina Shah.

Deixe uma resposta