Poluição no Brasil: Mais de 100 mil mortes anuais

Estamos tão preocupados em adquirir um estilo de vida saudável, com dietas, exercícios, etc. e etc. que muitas vezes acabamos nos esquecendo de analisar um agente causador de mortes no mundo todo: a poluição.

No Brasil, por exemplo, os números são assustadores. Só em 2015, foram 101.739 mortes de brasileiros por poluição, e isso equivale a 7,49 % do total de mortes no país durante aquele ano.

A má notícia vem de uma importante revista científica, The Lancet, que apresentou um estudo que relaciona os tipos de poluição ao número de mortes.

A poluição por ar foi a que mais matou: mais de 70 mil pessoas; a do ambiente de trabalho, como fumo passivo, matou mais de 18 mil pessoas; a poluição da água chegou a matar mais de 15 mil pessoas e a do solo mais de dez mil. “A poluição é muito mais do que um desafio ambiental; é uma ameaça profunda e generalizada que afeta muitos aspectos da saúde humana e do bem-estar”, diz Philip Landrigan, da Escola Icahn de Medicina do Hospital Monte Sinai, em Nova York, um dos autores do estudo.

Para Karti Sandilya, também autor do estudo “a poluição, a pobreza, a saúde e a injustiça social estão profundamente interligadas”.

O estudo analisou 188 países, ficando o Brasil na posição 148, atrás do Uruguai, Chile e Equador.

 

Deixe uma resposta