Quando menos é mais

Vez ou outra buscamos nos desintoxicar, seja de alimentos, de memórias ou até mesmo afastando-nos de quem faz mal. Este comportamento visando à restauração pessoal se estendeu às redes sociais, isto é, muita gente tem deixado de usar estes canais por um tempo.

Pesquisadores da Stanford e da Universidade de Nova York, ambas nos Estados Unidos, apoiam a medida. Após pesquisar a respeito, a equipe responsável pelo estudo declarou que: “a desativação da rede social trouxe pequenas, mas significativas melhorias no bem-estar e, em particular, em registros de felicidade, satisfação de vida, depressão e ansiedade,” escreveu a equipe responsável pelo estudo.

Só para se ter ideia do impacto dessa mudança, verificou-se entre 25 e 40% os efeitos de melhora desse bem-estar e socialização face a face, índice que só se alcança por meio de intervenção psicológica.

Menos rede social pode fazer você mais feliz. Arrisque!

Deixe uma resposta