domingo, 16 junho

Epidemia de DSTs

Texto por: admin 3 novembro, 2016 Sem comentários

As doenças sexualmente transmissíveis têm crescido no Brasil. O Ministério da Saúde admitiu que o país enfrenta uma epidemia de sífilis – doença infecciosa sistêmica e crônica que se manifesta em diferentes estágios, inicialmente com feridas na pele, podendo evoluir para complicações que levam ao óbito ou afetam os sistemas cardiovascular e neurológico.

De acordo com boletim epidemiológico do governo, entre junho de 2010 e 2016, foram notificados perto de 230 mil novos casos de sífilis. Três em cada cinco deles (62,1%) estão no Sudeste e a transmissão de gestantes para bebês vem sendo um grande problema. Dos bebês nascidos em 2015, 0,65% eram portadores da doença.

A principal forma de prevenção ainda é o uso de preservativos. O tratamento completo também é importante, pois pode interromper a cadeia de transmissão. O tratamento de ambos os parceiros é necessário na prevenção para impedir que ocorra a reinfecção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *