sexta-feira, 24 maio

Supergonorreia?

Texto por: admin 5 maio, 2016 Sem comentários

A gonorreia é causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae. A doença é transmitida por sexo vaginal, oral e anal sem proteção. O grande desafio em tratá-la está na sua resistência a antibióticos. Dessa vez, médicos da Grã-Bretanha estão preocupados com um tipo ainda mais resistente que o comum.

A azitromicina e ceftriaxona, normalmente usadas em conjunto para combater a gonorreia, parece não fazer mais efeito. Em especial, a resistência está ocorrendo com relação à azitromicina.

De acordo com o consultor médico, especializado em saúde sexual, Peter Greenhouse, o surto, que vem aumentando consideravelmente entre heterossexuais e homossexuais, gera ainda mais preocupação quando detectado em homens que fazem sexo com outros homens. “O problema é que (eles) tendem a disseminar infecções mais rapidamente, já que trocam de parceiros com maior frequência”, explica.

Além disso, esse grupo tem maior probabilidade de casos de gonorreia na garganta, onde há mais chance de o organismo desenvolver resistência a antibióticos.

O desafio de tratar a doença aumenta pelo fato de que a maior parte dos infectados não apresenta sinais, como secreção esverdeada ou amarela nos órgãos sexuais, dores ao urinar e sangramento.

A agência governamental Public Health England reconhece que medidas tomadas para conter a epidemia não têm alcançado o sucesso desejado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *