domingo, 14 abril

Adeus, gordura trans!

Texto por: admin 12 julho, 2016 Sem comentários

Após décadas pagando um alto preço pelo estilo de vida, os norte-americanos têm tomado atitudes importantes a fim de retroceder o quadro da saúde no país. Desta vez, o governo americano, por meio da Administração de Remédios e Alimentos (FDA) – entidade semelhante à ANVISA –, no Brasil, determina que a gordura trans deixe de ser usada na fabricação de alimentos.

O prazo é de que em até três anos, os componentes da gordura trans já não façam mais parte de alimentos como pipoca de micro-ondas, margarina e manteiga, biscoitos salgados, alimentos congelados, entre outros.

A decisão é resultado de provas científicas que, ao longo dos anos, vêm mostrando a relação entre o consumo da gordura trans com o aumento do colesterol ruim, além de diminuir o colesterol bom.

Desde 2006, a FDA já tem feito exigências no sentido de haver controle sobre o uso da gordura trans. Segundo a instituição, a obrigatoriedade da indicação da gordura no rótulo diminuiu significativamente seu consumo.

Em comunicado oficial, a FDA explicou que “os óleos vegetais parcialmente hidrogenados, principal fonte de gordura trans nos alimentos processados, não são geralmente considerados seguros para serem utilizados na alimentação humana”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *