quarta-feira, 29 maio

Adoráveis velhas botas

Texto por: admin 19 abril, 2016 Sem comentários

Você já ganhou um presente que detestou mas teve que aceitar sem poder trocá-lo? Minha melhor amiga, a Celinha, é muito generosa e não deixa escapar uma data especial do ano sem me dar um bom presente. E ela é criativa. Já me deu bolsas, sapatos e cosméticos, utensílios de cozinha, livros e por aí vai. Cada coisa presenteada sempre é especial de alguma forma: conteúdo, material de fabricação, conforto, design e a lista segue.

Há alguns anos, Celinha me deu um par de botas e disse que elas me seriam muito úteis e confortáveis. Ela tinha em mente minha recente mudança para uma chácara e o começo de um novo trabalho. Olhei aquelas botas e pensei: “Não preciso delas e também não gostei muito do modelo… Desta vez minha amiga errou.”

Mas, com a chegada do inverno, comecei a usar as tão desdenhadas botas. No começo, eram apenas necessárias, pois eram feitas de couro com um solado flexível de borracha, ideal para o tipo de terreno da chácara e também da cidade. Depois, as botas foram se tornando tão confortáveis e perfeitas em estilo com tudo o que eu usava, que se tornaram indispensáveis. Ah, Celinha não fazia ideia de como aquele tinha sido mesmo um presente útil!

Deus, em Sua maravilhosa sabedoria, nos deu presentes incríveis tendo em vista nossa saúde e nosso bem-estar físico, mental e espiritual. E, ao contrário da minha amiga que fazia apenas uma ideia das minhas necessidades futuras, Deus sabia exatamente o que precisaríamos para ser completos e felizes por aqui. Quando criou nosso planeta, Ele fez a atmosfera sob medida. Nos deu água, muita água, pois sabia da nossa constituição de mais de 60% desse componente químico capaz de promover limpeza, controle de temperatura e trocas interessantes em nosso organismo. Fez o dia com o sol para todas as nossas atividades e fez a noite escura para o descanso, fixação de conteúdo, produção de hormônios essenciais e renovação de muitas células. Deu-nos também uma dieta especial rica em antioxidantes que garantiriam longevidade. Indicou que deveríamos ter equilíbrio em nossas escolhas e mostrou que a máquina viva precisava de movimento diário para funcionar bem. Por fim, nos deu um dia todo especial para nos relacionarmos com nossos queridos e com Ele. E para cada “coisa” criada a Bíblia diz que Deus achava aquilo bom. Agora, se Deus, onipotente, criativo, indescritivelmente sábio, achou algo bom, é porque aquilo é realmente incrível! A história toda pode ser conferida na Bíblia, em Gênesis 1.

Acontece que somos especialistas em duvidar, ignorar e rejeitar aquilo que nem sequer experimentamos. Nosso estilo de vida hoje parece exatamente o contrário daquilo que Deus planejou para nós: trocamos a noite pelo dia, trabalhamos demais, comemos mal, não conseguimos dominar nossas escolhas, e nosso corpo sempre insiste em preferir o sofá ao invés dos exercícios ao ar livre. “Não fazemos o bem que queremos, mas o mal que não queremos esse fazemos” (Romanos 7:19).

Mas, graças a Deus, literalmente, Suas “misericórdias se renovam a cada manhã” (Lamentações 3:23), e se você está lendo isto agora, ainda é tempo de desembrulhar os presentes que Ele nos deu desde a criação. Aproveite a chegada de um novo ano, e todas as reflexões necessárias para o começo do novo ciclo para realinhar suas prioridades e começar a usar tudo o que Ele tem para você.

Desejo a você um feliz 2016, com tudo de bom junto.

Teru Gouveia é jornalista e apresentadora do programa Vida & Saúde, da TV Novo Tempo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *