terça-feira, 21 maio

Cintura, estatura e coração

Texto por: admin 24 janeiro, 2019 Sem comentários

Um dos indicadores de risco para doenças cardiovasculares é o excesso de gordura abdominal, que não deve extrapolar, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os 94 centímetros nos homens e 90 nas mulheres.

Mas agora mais um novo padrão surge. De acordo com pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp), a altura também conta muito, isto é, a circunferência em relação à altura.

A relação cintura-estatura (RCE) é estabelecida da seguinte maneira: circunferência da cintura dividida pela estatura. Mesmo uma pessoa fisicamente ativa e dentro do peso pode estar em risco caso sua RCE esteja muito próxima do limite. “Além da relação cintura-estatura, o que chama a atenção é que há muitas pessoas que acreditam estar fora de risco porque não têm gordura abdominal, e, por isso, não se preocupam em fazer exercício nem se alimentam bem. Mas vale destacar que mesmo sem barriga, pode haver risco”, explicou o professor Vitor Engrácia Valenti.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *