terça-feira, 16 julho

Compaixão combate depressão

Texto por: admin 20 dezembro, 2018 Sem comentários

Pesquisadores da Universidade de York, no Canadá, fizeram alguns experimentos ligados à depressão e ao “temperamento difícil”. Ao todo, 640 participantes levemente deprimidos foram submetidos, numa primeira etapa, a um tratamento on-line de compaixão. Na sequência, os que tinham 35 anos fizeram mais três exercícios envolvendo o conceito da compaixão, além de uma condição de controle. A tarefa levava de 10 a 15 minutos e foi repetida de dois em dois dias por três meses.

Outro exercício aplicado tinha que ver com a repetição de frases do tipo: “que você seja feliz” e “que você esteja em segurança”.

Surpreendentemente, após dois meses de tratamento, por meio do exercício de atos de bondade, os participantes descritos como de temperamento difícil apresentaram redução dos sintomas de depressão e expressaram aumento da satisfação com a vida.

De acordo com a pesquisadora Myriam Mongrain: “a implementação desses novos comportamentos pode tê-los deixado se sentindo afirmados e valorizados em seu currículo social mais próximo. Esse pode ter sido o ingrediente antidepressivo desse grupo.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *