terça-feira, 21 maio

Cuide-se!

Texto por: admin 22 março, 2016 Sem comentários

O salmista afirmou: “Bem-aventurado o homem que não anda no conselhos dos ímpios” (Salmo 1:1). E o sábio Salomão também afirmou: “Onde não há conselho fracassam os projetos, mas com os muitos conselheiros há bom êxito” (Provérbios 15:22). Pois é, há sabedoria em acatar um bom conselho bem como em rejeitar um conselho ruim. A vida humana gira em torno de decisões. É nesse contexto que entra o conselho. Quantas pessoas sofrem na vida por desprezar um conselho sábio!

Wilson, 48 anos, trabalhava como mecânico em uma empresa de máquinas. Anualmente, a empresa recomendava que seus funcionários fizessem um check-up médico para averiguar suas condições físicas. O chefe de Wilson dizia: “Vocês lidam com máquinas. Não se esqueçam de que a máquina humana também precisa de reparos.” Entretanto, Wilson nunca deu atenção a isso. Em casa, dizia para a esposa: “Eu não vou atrás disso. Meu tempo é escasso. E, além disso, sinto-me muito bem.” A esposa dizia: “Querido, da mesma forma que você faz a manutenção de máquinas, lembre-se de que você é uma máquina e também precisa de manutenção.”

Por muito tempo, Wilson desprezou o conselho. Um dia, ao retornar do almoço, ele se sentiu mal. Achou que poderia ser alguma coisa ingerida durante a refeição. Dois dias depois, aquele mal-estar voltou com mais intensidade e, no dia seguinte, ele não foi ao trabalho. A esposa disse: “Você tem que ir ao médico.” De imediato, ela tomou a iniciativa.

No consultório, o médico perguntou a Wilson a respeito de seu trabalho e há quanto tempo ele não fazia um check-up. Ele, como sempre, alegava falta de tempo e que se sentia bem. Exames foram solicitados. E qual não foi sua surpresa? Os exames indicaram que ele estava com indícios de uma grave doença cuja confirmação veio na mesma semana. Ele não podia acreditar. Sempre se sentiu bem. Por um momento, ele fez uma retrospectiva da vida e percebeu que não havia dado atenção às recomendações da empresa e da esposa. Antes da cirurgia, o médico lhe disse: “Wilson, você poderia não ter chegado a este ponto se tivesse dado uma boa manutenção à sua máquina.”

Felizmente, essa história não terminou de forma trágica, mas Wilson teve que amargar sérias consequências que o deixaram fora do trabalho por um bom tempo. Parece que o homem, diferentemente da mulher, é muito relutante em cuidar da saúde. À semelhança de Wilson, muitos alegam falta de tempo ou dizem não sentir nada que os preocupem.

Pesquisas indicam que a mulher vai ao médico para cuidar e fazer manutenção de sua saúde. Por outro lado, o homem, de forma geral, vai ao médico para cuidar da doença. O exame de próstata tem sido uma das causas da relutância masculina em ir ao médico. Diga-se de passagem, esse não é o único problema da saúde do homem. Mas parece que se criou uma cultura em que o urologista parece ser o único médico do homem.

A Bíblia diz que o corpo humano é o templo do Espírito Santo (1 Coríntios 6:19) e que precisa ser bem cuidado. Isso se faz com estilo de vida adequado e acompanhamento médico. O ser humano, independentemente de gênero, é uma unidade que deve ser preservada em bom estado. Nesse aspecto, acatar e seguir um bom conselho pode ajudar a preservar a vida.

Cristo disse: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (João 10:10). Portanto, não deixe para a amanhã o que você pode fazer hoje. Embora tarde, Wilson percebeu o valor do conselho.

Nerivan Silva é editor associado de Vida e saúde

Nerivan Silva é editor associado de Vida e saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *