quarta-feira, 17 agosto

Depravação do sono

Texto por: Julie Grüdtner 9 fevereiro, 2022 Sem comentários

Manter uma rotina de sono saudável não é fácil, mas as consequências cobram: distúrbios emocionais, queda no desempenho de atividades diárias, piora nas doenças já existentes. Por isso, é essencial que você saiba perceber quando seu sono está começando a se depravar para evitar que sua qualidade de vida seja negativamente afetada.

O primeiro estágio é quando se passam 24 horas sem dormir. De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CCD), a privação de sono de 24 horas é o mesmo que ter uma concentração de álcool no sangue de 0,10% – mais do que o limite para dirigir legalmente. Percebe-se: irritabilidade, diminuição do estado de alerta, confusão mental, fadiga, tremores e aumento do risco de erros ou acidentes.

A segunda fase começa após 36 horas sem dormir. Os sintomas se tornam mais intensos. Pode-se ter “microssonos”, ou breves períodos de sono, mesmo sem perceber, que duram até 30 segundos. Diferentes partes do seu cérebro terão dificuldade em se comunicar umas com as outras, o que prejudica gravemente o desempenho cognitivo, causando sintomas como perda de memória e mudanças comportamentais. Depois de 48 horas sem dormir é possível ocorrer, além de ansiedade, alucinações e até despersonalização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *