quinta-feira, 29 outubro

Glutationa e psicose

Texto por: Equipe VS 28 setembro, 2020 Sem comentários

Um novo estudo publicado na revista eletrônica Molecular Psychiatryprocurou entender por que algumas pessoas com psicose respondem ao tratamento antipsicótico dentro de semanas, enquanto outras levam meses. No estudo, os pesquisadores investigaram um antioxidante chamado glutationa.

A falta de glutationa parece ser mais marcante em pacientes com sintomas contínuos de psicose, mesmo após o tratamento, sugerindo que a molécula possa estar associada à resposta ao tratamento. De acordo com os resultados da pesquisa, um aumento de 10% nos níveis de glutationa pode reduzir o tempo que uma pessoa passa no hospital em pelo menos uma semana, ou seja, níveis mais altos do antioxidante estavam associados a uma resposta mais rápida ao tratamento.

Alguns alimentos precursores da produção de glutationa são brócolis, couve de bruxelas, repolho, couve-flor, abacate, cúrcuma e ervilhas.

Texto: Julie Grüdtner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *