terça-feira, 27 julho

Novas evidências da relação dieta e Covid

Texto por: Julie Grüdtner 17 junho, 2021 Sem comentários

Um novo pequeno estudo encontrou uma ligação entre as dietas à base de plantas e os casos mais leves de Covid-19. O estudo é baseado nas experiências de médicos e enfermeiras com forte exposição ao Sars-CoV-2.

A razão de o novo coronavírus se manifestar de maneira tão diferente em pessoas diferentes é um tanto misteriosa. Algumas pesquisas indicam que isso pode ter que ver com a dieta da pessoa. Um novo estudo com seis países envolvendo 2.884 médicos e enfermeiras, cujo trabalho com pacientes os expôs ao Sars-CoV-2, trouxe resultados surpreendentes. Os participantes eram dos Estados Unidos, Reino Unido, Espanha, Itália, França e Alemanha. A pesquisa foi projetada para revelar “a associação entre dietas autorreferidas e infecção, gravidade e duração dos sintomas por Covid-19”.

A pesquisa revelou que os profissionais de saúde que consumiam uma dieta baseada em vegetais tinham 73% menos probabilidade de apresentar Covid-19 moderado a grave, e aqueles que seguiam uma dieta baseada em vegetais ou peixes tinham 59% menos probabilidade de adoecer gravemente, bem como tiveram um risco significativamente menor de desenvolver Covid-19 grave.

A ciência mais uma vez dá suporte ao resultado de uma alimentação balanceada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *