quarta-feira, 29 maio

Plantas medicinais

Texto por: admin 20 junho, 2016 1 comentário

Quem nunca ouviu uma receita envolvendo plantas? Uma avó, tia ou amiga, desde a antiguidade, sempre tem uma indicação de chá, seja para insônia, cólica ou má digestão. Pois é, mas o que, por muito tempo, não passava de cultura popular, hoje, mais do que nunca, conta com o respaldo da ciência.

Projeto do interior de São Paulo vem apostando no poder medicinal das plantas. Em Sorocaba, por exemplo, unidades de saúde já contam com horta comunitária repleta de ervas de efeitos curativos.

O Fito Sorocaba é uma parceria das Secretarias de Saúde e Meio Ambiente de Sorocaba com o Ministério da Saúde, que visa o plantio de ervas medicinais em Unidades Básicas de Saúde, o UBS.

O objetivo é que, além dos fitoterápicos industrializados, a população passe a utilizar de maneira racional as ervas medicinais para ajudar nos cuidados primários à saúde. De acordo com Joseane Cristina Dias Gomes Pereira, chefe da Divisão de Assistência Farmacêutica da Secretaria da Saúde e coordenadora do Projeto, os pacientes recebem orientações a respeito das plantas, pois apesar de se tratar de um medicamento natural, o uso inadequado pode provocar efeitos colaterais.

Alguns bairros já passam a desfrutar das vantagens naturais que muitas plantas oferecem. O boldo melhora a digestão, a melissa ajuda na insônia, o guaco evita a tosse, o capim limão é um calmante natural. A hortelã ameniza cólicas intestinais, o manjericão, usado como tempero, é anti-inflamatório e um excelente substituto para o sal.

E por falar em plantas, confira a nossa receita de hoje. Um delicioso refresco verde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *