quarta-feira, 29 maio

Pode dizer

Texto por: admin 2 fevereiro, 2017 Sem comentários

A oração é um recurso que está à disposição de todo mundo.

Vivemos numa sociedade cujo ritmo de vida é bastante acelerado. Corremos, tentando acompanhar as inovações tecnológicas que têm por objetivo facilitar a vida de todos. Esse ritmo acelerado mergulha as pessoas num profundo abismo de ansiedade e incerteza quanto ao real sentido da vida e do futuro.

Em sua estrutura humana, o homem não é somente físico. Há nele uma dimensão espiritual. Atualmente, estudos demonstram que a religiosidade pode contribuir para melhor qualidade de vida. Satisfação com a vida, afeto positivo e bem-estar psicológico são resultados do envolvimento religioso na vida das pessoas.

Nessa questão, a oração é um elemento comum a todos. A despeito de suas diferenças teológicas, os credos religiosos levam as pessoas a buscar, através da oração, motivação e força para enfrentar o cotidiano com seus desafios e lutas. De fato, a oração é um recurso que o homem busca, principalmente, em momentos de fragilidade e medo diante do imprevisível. Isso ocorre, por exemplo, quando alguém é hospitalizado, diante de um diagnóstico de doença grave, uma demissão, reprovação no vestibular ou concurso, etc. Cristo falou da disponibilidade de Deus em ouvir e atender ao homem e à mulher em sua ansiedade. “Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai de vocês, que está nos Céus, dará coisas boas aos que Lhe pedirem” (Mateus 7:11, NVI).

O que é a oração? Para Ellen G. White, autora do livro Caminho a Cristo, “a oração é o abrir do coração a Deus como a um amigo. Não que seja necessário, a fim de tornar conhecido a Deus o que somos; mas sim para nos habilitar a recebê-Lo. A oração não faz Deus baixar a nós, mas eleva-nos a Ele.”

A vida moderna tem contribuído para o desmoronamento da estrutura afetiva e emocional das pessoas. Centenas delas não têm uma direção a seguir e a esperança que seria como âncora em meio à tempestade já não existe. A depressão tem alcançado milhares de pessoas em todos os segmentos da sociedade, impedindo a concretização de sonhos e objetivos há muito acalentados. Gary Collins, psicólogo norte-americano, diz que “a depressão vem quando enfrentamos situações sobre as quais não temos controle. Quando percebemos que nossos atos não terão resultado por mais que tentemos, que nada podemos fazer para aliviar o sofrimento, alcançar um alvo ou produzir uma mudança, a depressão se torna então a resposta comum. Ela surge quando nos sentimos incapazes e desistimos de tentar.”

Em sua dimensão espiritual o homem e a mulher sentem a necessidade de buscar a Deus. Esse desejo introspectivo independe de organizações e instituições religiosas. É o ser humano, com seus limites de tempo e espaço, buscando a Deus mediante a oração. Como diz esta poesia de Lineu Soares e Valdecir Lima:

Na oração encontro calma.
Na oração encontro paz.
Orar a Deus faz bem à alma
Falar com Deus me satisfaz.

Falar com Deus, que privilégio!
Abrir a alma ao Criador.
Sentir que os céus estão abertos.
E ouvir a voz do Salvador.

Grande é o nosso Deus,
E as obras que Ele faz.
O Seu amor não tem limites.
E em Seu perdão encontro paz.

Falar com Deus é o que preciso,
Pois Ele é fonte de poder.
Só nele a vida faz sentido
Pois me dá forças pra viver.

Entretanto, ainda é válida a reflexão de Deilson Storch, autor do livro O Pai-Nosso – Sua interpretação e Mensagem, ao dizer que “o pai espera que compreendamos ser um privilégio falar-Lhe e que não O tratemos como um médico ou advogado, só O buscando em circunstâncias adversas ou difíceis ou quando a enfermidade assola.”

Experimente a oração.

Nerivan Silva é jornalista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *