quarta-feira, 29 maio

Saúde no casamento

Texto por: admin 11 abril, 2016 Sem comentários

Pesquisadores da Universidade Brigham Young, que vêm participando de uma série de estudos que analisam os benefícios do casamento, acabam de publicar na revista Annals of Behavioral Medicine mais uma descoberta: os chamados casamentos ambivalentes, segundo os pesquisadores, podem causar danos à saúde. Mas o que seria um casamento ambivalente? Bem, são aqueles
matrimônios bons e ruins ao mesmo tempo.

Nesse caso, conclui-se que não basta apenas estar casado para ser mais saudável, é preciso ter qualidade no casamento. Do mesmo modo em que o nível de apoio e carinho do cônjuge afeta a saúde do casal positivamente, o comportamento controlador, por sua vez, pode trazer grandes prejuízos, inclusive aos casais aparentemente estáveis.

“Infelizmente, muitas das pesquisas sobre os benefícios do casamento medem a qualidade do relacionamento numa escala unidimensional. Eles avaliam se você está feliz ou não, se você se sente apoiado ou não. Mas nem todos os relacionamentos são unidimensionais”, disse Wendy C. Birmingham, que liderou o estudo.

Os pesquisadores descobriram, por exemplo, que homens e mulheres que tinham relações ambivalentes apresentaram pressão arterial sistólica mais alta durante um determinado dia. Isso sugere que um dos benefícios assumidos do casamento – uma melhor saúde cardiovascular – pode não ser tão grande para casais com casamentos de altos e baixos frequentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *