quarta-feira, 29 maio

Solidão faz mal à saúde

Texto por: admin 10 maio, 2017 Sem comentários

Estudo publicado no Plos Medicine, que analisou 148 pesquisas sobre mortalidade em função de relações sociais, concluiu que a solidão é tão maléfica para a saúde quanto o tabagismo ou o consumo de álcool em excesso. Os resultados apontaram ainda que pessoas que têm relacionamentos sólidos e verdadeiros têm também 50% a mais de chance de sobreviver quando comparadas aos mais solitários ou àqueles com relacionamentos superficiais.

Outro estudo, feito pela Universidade de Helsinki, na Suécia, mostrou que pessoas que vivem sozinhas têm 80% mais probabilidade de se tornarem depressivas quando comparadas àquelas que vivem com amigos ou parentes, por exemplo. É importante destacar que solidão e isolamento social são coisas diferentes. O isolamento pode ser imposto por situações da vida, como uma mudança de cidade ou por uma doença. Já a solidão é a sensação de sentir-se só.

De acordo com a psicóloga Ghina Machado, algumas medidas podem nos ajudar a desenvolver mais contato humano:

Menos tecnologia: Procure usar menos o celular, principalmente nos encontros com outras pessoas. Marque de sair com os amigos ou visitar os parentes. É preciso se dedicar aos relacionamentos para eles se tornarem satisfatórios.

Adote um PET: Adotar um gato ou um cachorro pode ajudar a superar os momentos de solidão, além de facilitar o início de novas amizades por afinidade. Mas, lembre-se de que uma vida dependerá de você, portanto, é preciso responsabilidade para cuidar de um animal de estimação.

Ocupe-se: Muitas vezes, há momentos em que você pode se sentir mais sozinho. Aproveite para fazer alguma atividade diferente ou se envolver em um projeto novo que dependa do convívio com outras pessoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *