quarta-feira, 29 maio

Sono preventivo

Texto por: admin 27 março, 2016 Sem comentários

O neurocientista da Universidade de Oxford Russell Foster vem apelando para que as pessoas passem a dormir mais cedo. Seus estudos sugerem que trabalhar no turno da noite ou até mais tarde, além de acelerar o envelhecimento, pode aumentar os riscos de câncer, doenças cardíacas e diabetes tipo 2.

Dormir pouco provoca riscos diretos no caso de profissões que envolvem a saúde e o transporte, por exemplo. Além disso, esse hábito pode atrapalhar a qualidade de decisões importantes. “A falta de sono danifica toda uma série de habilidades – empatia, informação de processamento, capacidade de lidar com as pessoas. Além disso, você fica excessivamente impulsivo, com dificuldade de raciocínio”, disse. Dormir menos de cinco horas, por exemplo, faz tão mal para a saúde quanto fumar. Foster ainda diz que acordar antes do amanhecer interfere de tal maneira no processamento de informações, como se tivéssemos ingerido alguns uísques ou cervejas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *